Arquivos da categoria: GNU/Linux

[Tutorial]: Servidor de arquivos com o Raspberry Pi

Apesar de ter sido criado como uma ferramenta de ensino de programação para crianças, a plaquinha Raspberry Pi revelou-se bem mais versátil, e o produto vem sendo explorados para muitos outros usos.

Além de funcionar como um bom player de vídeo ligado à TV, a Raspberry Pi serve para montar servidores de baixo custo e com consumo levíssimo de eletricidade.

Veja, a seguir, como usar a distribuição padrão do Raspberry Pi (denominada NOOBS – New Out Of Box Software) para instalar a distribuição Raspbian de Linux e configurar um servidor de arquivos. O Raspberry Pi deve estar conectado a um monitor ou TV e contar com teclado e ligação à rede local. A unidade de armazenamento que compartilhado, como um pen drive ou HD externo, deve estar ligado a uma das portas USB do Raspberry Pi.

1- Cópia e boot

Comece baixando o pacote NOOBS. Descompacte seu conteúdo e copie-o para um cartão SD vazio. Encaixe o cartão no Raspberry Pi e ligue a plaquinha. Na tela, surgirá um menu para escolha de todos os sistemas que serão instalados no cartão SD. Marque o item Raspbian e, depois, pressione I para começar a instalação.

Espere até o final do procedimento e o subsequente boot no Raspbian. Selecione Finish para passar à linha de comando.

Mat11D_passo1


Continue lendo [Tutorial]: Servidor de arquivos com o Raspberry Pi

Linux Magazine Community Edition 106 baixe já a sua

Já está no ar a Linux Magazine 106 Community Edition.

capa_106_250px

Confira os principais assuntos da Linux Magazine com o tema de capa Segurança e tenha acesso a um completo tutorial sobre como utilizar o OpenWrt para transformar um roteador em um servidor de rede, confira a segunda parte do tutorial sobre Ubuntu Touch e conheça ainda aplicativos e truques para melhorar a qualidade de som do seu dispositivo Android. Confira ainda uma análise exclusiva e aprenda como se livrar das placas gráficas transferindo essa tarefa para o processador e para finalizar, aprenda como utilizar o chroot para executar programas virtualizados.

Baixe aqui.

Fonte: [Linux Magazine]

Um projeto livre para o cinema

O paulistano Flávio Soares, de 32 anos, queria gravar um curta-metragem usando software livre. Estudando formas mais baratas e menos problemáticas de fazer um filme para o cinema, ele se deparou com a Elphel, uma câmera desenvolvida pelo físico russo Andrey Filippov, conhecida por ter toda a sua documentação aberta. Os softwares internos estão disponíveis na internet sob licença GNU GPL (General Public License), o tipo mais comum para designar criações que podem ser copiadas e alteradas sem pagamento de royalties.

Quando a Elphel entrou em cena, o curta-metragem Floresta Vermelha passou a ser coadjuvante na história pioneira de criar um filme narrativo usando não apenas uma câmera aberta, mas também softwares de edição livres e um site de crowdfunding para obter recursos para a empreitada. “As pessoas começaram a se oferecer para ajudar no projeto só porque achavam legal”, conta Flávio, que também é o diretor do curta-metragem. Continue lendo Um projeto livre para o cinema

Android completa cinco anos como plataforma móvel mais usada no mundo

O dia 5 de novembro de 2007 foi importante para o mundo dos smartphones. Nele, o Google, junto com fabricantes como HTC, Samsung, Qualcomm, Texas Instruments e algumas operadoras pelo mundo apresentaram pela primeira vez o Android como um produto que chegaria ao mercado no ano seguinte.

Cinco anos depois, o Android é o sistema móvel mais usado no mundo – ele está em 75% dos dispositivos – e está em sua versão 4.2. Ao todo, mais de 500 milhões de aparelhos já foram ativados e mais de 600 dispositivos diferentes rodam a plataforma. Diariamente, segundo o Google, mais de um milhão de novos usuários começam a usar o Android em seus aparelhos.

Apesar de já estar na versão 4.2 (uma atualização do Jelly Bean, lançado em julho deste ano), a versão mais popular do Android ainda é uma antiga – o Gingerbread (2.3), lançado no fim de 2010, ainda roda em 53,9% dos dispositivos com a plataforma. O Ice Cream Sandwich, de 2011, está em 25,8% dos aparelhos, enquanto o mais recente Jelly Bean aparece em apenas 2,7% dos gadgets.

Já em relação aos aparelhos, a fabricante coreana Samsung conseguiu se fortalecer como principal nome nos dispositivos com Android. Dos 10 aparelhos mais usados no mundo, oito são da Samsung – o Galaxy S II, o S III e o primeiro S são os mais populares, de acordo com a CNET.

Por ser uma plataforma aberta, o Android conta com diversas opções de lojas de apps para seus usuários. A oficial é a Google Play, mas alguns aparelhos, como os tablets da Amazon, usam uma loja de apps própria da empresa – a Amazon App Store. Ao todo, de acordo com o Google, a loja Google Play tem mais de 700 mil aplicativos diferentes e mais de 25 bilhões de downloads já foram feitos por seus usuários – seja de apps pagos ou gratuitos.

Fonte: [Olhar Digital]

Linux Magazine Community Edition 84

Confira nesta edição os principais assuntos da Linux Magazine de novembro (Linux 3.0) e leia um completo artigo sobre a linguagem de programação Squirrel, equivalente ao Lua e que possui diversos recursos impressionantes. Leia ainda um tutorial zobre o ZoneMinder, solução completa para videomonitoramento, com recursos como: detecção de movimento, seleção específica de local a ser monitorado e muitos outros recursos. Trazemos também nesta edição, uma análise sobre o GParted, que contorna o problema do novo esquema de particionamento que utiliza a tabela GUID.

[Baixe aqui]

Baixe já sua Linux Magazine Community Edition 82

Confira nesta edição os principais assuntos da Linux Magazine de setembro (Data Center) e leia uma análise completa sobre os protocolos IPv4 e IPv6 em dual-stack, entenda o funcionamento do Udev, poderoso gerenciador de hardware para Linux, e confira ainda um completo artigo sobre Opsi, ferramenta que permite aos administradores de sistemas gerenciarem clientes Windows a partir de servidores Linux.

[Baixe aqui]

Já está no ar a Linux Magazine 81 Community Edition

Confira nesta edição os principais assuntos da Linux Magazine de agosto (IPv6) e leia artigos completos sobre programação de scripts de monitoramento com SystemTap, um completo tutorial sobre a execução de programas Linux no Windows com Cygwin e um tutorial sobre investigação de rede a análise forense com Nmap.

[Clique para download]

Logo após apoiar o FLISol, governo da Argentina quer Linux em seus PCs

O governo federal da Argentina anunciou, neste final de semana, um plano para equipar com Linux até dois terços dos computadores da administração federal e instalações públicas.

O anúncio foi feito dia após o governo local apoiar a Flisol, um festival de incentivo à adoção de software livre por usuários comuns.

De acordo com um porta-voz do governo local, a migração de plataformas proprietárias – notadamente da Microsoft – para distribuições Linux tem como principal objetivo economizar dinheiro público gasto com licenças.

Parlamentares de oposição à presidente Cristina Kirchner disseram ver com cautela a decisão. A oposição local evitou posicionar-se contra o software livre, mas afirmou que a substituição de plataformas deve ocorrer de modo gradual e apenas em áreas onde as distribuições aberta forem comprovadamente mais eficientes que as proprietárias.

A oposição acusou ainda o governo de Cristina de anunciar apoio ao Linux não por iniciativa própria, mas apenas para agradar ao governo venezuelano de Hugo Chávez, um crítico ferrenho da dependência latino-americana de produtos desenvolvidos nos Estados Unidos.

Fonte: [Info Online]

Commodore 64, o computador retrô

O computador doméstico Comodore 64, ícone dos anos 1980 na computação, retornou para a alegria dos usuários fãs da tecnologia retrô. Agora, a nova versão doCommodore 64 – lançado em 1982 e produzido até 1994 – continua com o mesmo design por fora, mas por dentro virá totalmente repaginado.

De acordo com o jornal The Telegraph, o novo aparelho terá leitor de Blu-Ray, porta HDMI, USB, Wi-Fi, processador dual-core Intel Atom 1.8 GHz, 4GB de memória RAM e 1TB para armazenamento. Além disso, ele será baseado no sistema operacional Ubuntu, mas também poderá rodar o Windows 7.

Segundo o jornal, o aparelho vai custar em torno de 360 libras (cerca de US$ 590) e deve ser lançado oficialmente entre maio e junho.

Fonte: [Olhar Digital]